O Chile consagrou-se nas últimas décadas como um dos melhores produtores de vinhos do mundo. Técnicas francesas e locais, clima e solo propício, além da utilização de uvas como carmenèrecabernet sauvignonmerlot, e algumas outras, deram origem a vinhos frutados e de sabor marcante, que agradam o paladar da maioria das pessoas.

Atualmente, o Chile concentra a sua produção de vinhos em quatro regiões principais: Valle del Maipo, Valle de Aconcagua,  Valle de Colchágua e Valle de Casablanca.

Valle del Maipo (região próxima de Santiago)

O Valle del Maipo fica a 20km ao sul de Santiago, sendo a região de vinhos do Chile mais fácil de ser percorrida, por estar tão perto da capital chilena.

As vinícolas mais visitadas são Concha y Toro (a 6km do centro) e a Cousiño Macul (a 11km do centro), por ficarem bem perto de Santiago. Mas seguindo adiante, encontram-se jóias da vinicultura chilena como AlmavivaDon Melchor, Chadwick, que podem ser visitados a pé, já que ficam bem próximos, além das Tarapaca e Undurraga. Entre tantas curiosidades sobre essas vinícolas que produzem vinhos chilenos de excelente qualidade, a Almaviva foi criada com o intuito de ter “o” vinho franco chileno, à partir da parceria firmada entre a família Rothschild e a Concha y Toro.

Algumas das melhores vinícolas do Chile no Valle del Maipo:

Viña Concha y Toro
Viña Almaviva
Viñedo Chadwick
Don Melchor
Viña Tarapaca
Viña Undurraga
Viña Santa Rita

Valle de Aconcagua (Norte)

O Valle de Aconcagua fica ao norte de Santiago, a mais ou menos 100km de Santiago e a 300km de Mendonza, na Argentina. Este vale ganhou o seu nome por estar próxima da montanha Aconcagua, a mais alta das Américas, que faz parte da Cordilhera dos Andes e está localizada nas proximidades da cidade de Mendonza.

Algumas das melhores vinícolas do Chile no Valle de Aconcagua:

Errazuriz
Viña San Esteban
Viña Von Siebenthal

Valle de Colchágua (Sul)

O Valle de Colchágua fica a mais ou menos 170 km ao sul de Santiago do Chile, num trajeto de 2 horas de carro pela Ruta I-5, a famosa Carretera del Vino. Vinícolas famosas como Clos Apalta, Viu Manent e Montes, que produz os vinhos Montes Alpha e Purple Angel, são os grandes destaques dessa região, sendo possível visitá-las, fazer degustação, e até mesmo se hospedar em algumas delas, como por exemplo, no belíssimo Lapostolle Residence, pertencente à Viña Lapostolle, que produz o premiado Clos Apalta. Uma curiosidade é que a mesma família por trás dos vinhos da Lapostolle é dona da famosa marca de licor francês Grand Marnier, e por sua origem, utilizam técnicas 100% francesas em terra 100% chilena para produzir os seus premiados vinhos.

Outra vinícola espetacular é a Viu Manent, vencedora do prêmio Wine Tourismo Awards 2015, concedida por uma importante revista britânica como melhor centro enoturístico do mundo. Afinal, até passeio de balão pela região eles oferecem, além de visita à vinícola e degustacão, ainda tem um ótimo restaurante, o Rayuela Wine & Grill.

Se tiver tempo, não deixe de ir na Viña Lara Hartwig, que vende aos visitantes vinhos exclusivos e numerados, só encontrados no local e faz uma deliciosa degustação de vinhos.

Algumas das melhores vinícolas do Chile no Valle de Colchágua:

Viña Lapostolle
Viña Clos Apalta (pertencente ao grupo Lapostolle)
Viu Manent
Viña Montes
Casa Silva
Santa Cruz
Laura Hartwig
Bisquertt

Valle de Casablanca (Leste)

Essa região fica bem próxima das famosas cidades costeiras de Viña del Mar e Valparaíso, abrigando belíssimas vinícolas como a Bodegas Re, que produz vinhos de forma totalmente original e artesanal, alguns deles em barris antigos de argila e ainda propõe diferentes tipos de tours pelas vinhas (até com piquenique); a Matetic, que também tem a charmosa hospedaria La Casona e o restaurante Equilibrio, aberto para o almoço de terça a domingo; e bela vinícola Casas del Bosque, especializada em Sauvignon Blanc, que pode ser degustado no terraço do seu famoso restaurante Tanino.

Algumas das melhores vinícolas do Chile no Valle de Casablanca:

Bodegas RE
Casas del Bosque
Matetic

Para cumprir todo esse roteiro pelas melhores vinícolas do Chile, a famosa Rota dos Vinhos Chilenos, vale reservar ao menos um dia para cada região, e  mais alguns dias em Santiago.

Ótimas dicas para quem está com as malas prontas, não é mesmo?!

Dicas: Voali e Daniel Reis

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Comment *